13.11.11

Na madrugada vitrola rolando um blues...

Algumas constatações: eu sou crica demais e às vezes me bate umas insônias loucas. Explico. São 4:48 quando começo a escrever este texto, mas que eu estou fora da cama já deve fazer mais de uma hora. Acho chato ficar rolando pra lá e pra cá esperando o sono vir. Claro que não é sempre que o sono desaparece e me levanto, mas desta vez já tinha pensado em tudo que queria pensar, já tinha virado de bruços, de lado, de barriga pra cima, já tinha colocado a coberta até o pescoço, já tinha empurrado a coberta até onde meus pés não alcançavam mais e já tinha dado uma cutucadinha no Ale pra ver se ele perdia o sono e me fazia cia. na madrugada. Quando chego neste ponto eu prefiro levantar, sem contar que minha barriga já tinha dado umas roncadas. Fome! 

Levantei mesmo sabendo que os pernilongos me atacariam viva. Até agora contei 6 picadas ardidas. Ardidas mesmo. Eu tento lutar com os pernilongos, procuro pra ver se acho antes de me render ao protector. Neste quesito (e em muitos outros) puxei meu pai que certa vez foi tão incomodado por um que no momento que ele conseguiu pegar o pernilongo na mão, antes de acabar com sua vida, ele gritou com toda sua ira (por entre suas mãos e o pernilongo no meio) para o pernilongo sentir como era chato ter alguém fazendo barulho no seu ouvido. Fato que levou minha mãe à gargalhadas em plena madrugada. Eu nunca cheguei a tanto, mas por enquanto estou com 32 quem sabe quando meus cabelos brancos virem com força?

E dai que entre pernilongos e ao barulho do motor da geladeira (a minha é sem noção) resolvi entrar na internet e fui ler algum blog. Sei lá, qualquer blog e escolhi o meu! haha Sério, fui ler meu blog como se eu não fosse eu. Sem críticas, sem reparar se a foto estava bem feita, sem ficar noiada com erros de português e não é que eu ri e gostei?

Não estou escrevendo tudo isto pq quero confetes e vocês me digam que eu sou linda, maravilhosa e tudo de bom, mas foi bem bom em plena madruga ver que eu não preciso ser tão cricri, tão exigente, tão certinha, tão sei lá o que...

Já posso dormir até mais aliviada. Não sei se quando eu acordar minha cricrizice vai ter desaparecido, como se a minha constatação da madruga fosse um mero sonho passageiro, aqueles sonhos divertidos que vc pensa e faz força: não quero me esquecer dele! Mas assim que você abre o olho você pensa: O que foi que eu sonhei mesmo?

São 5h24. Não terminei antes o texto pq a merdica do computador do meu Ale deu pau e fui buscar outro, aproveitei passei na cozinha e busquei uma banana, me lembrei do meu avô João, mas dai este assunto fica pra um próximo post..

São 5h29 - demorei 5 minutos lendo, relendo este post e pensando se eu deveria ou não postar... a cricrizice está voltando. Antes que eu fosse dormir... agora fui de vez e antes de ir vou ali apertar um botãozinho .... Publicar!

Ps: não tenho vitrola em casa nem coloquei pra tocar blues! 

15 comentários:

Priscila disse...

rsrsrrs. Sou a primeira a comentar nesse post fresquinho, saído do forno! Também estava com insônia e resolví fazer o mesmo que você, mas no meu caso foi verificar as novidades. Deixe de ser cricri que seu blog é um dos mais legais que conheço. Adoro seus posts e acho que nós somos parecidas em alguns aspectos. Amo cozinhar, amo mimos e apetrechos para cozinha, não sou casada ainda mas meu namorado é o homem de minha vida. Estou comprando meu enxoval e seu blog me fez ter inspirações para uma cozinha que tenha a nossa cara, já que compartilho da filosofia que uma mesa cheia, com comida boa é o fim de grande parte dos problemas.
bj querida.
ps: vc ainda está acordada??

Priscila disse...

se vc ainda estiver aí dê um toque!
rsrsrsr

Bete disse...

Adoro seu humor, mesmo na insônia você é sempre divertida!Por várias vezes isto acontece comigo também,com o mesmo passo-a-passo que você descreveu. Eu dormi muito bem esta noite por isso estou aqui logo cedo e te desejo um bom sono nesta manhã de domingo. Bjos!

Novas de Danone disse...

Não me lembro de ter tido insônia, mas de dormir quase de manhã por ficar passeando pelos blogs. Tô rindo até agora com essa história do seu pai com o mosquito!! E ainda bem que tem esse feriado pela frente pra vc se recuperar.
Bj

Glaucia Maria Gripp disse...

Olá, xará, acho que pernilongos gostam mesmos de "Glaucias", pois eles me adoram e mesmo quando estou
próxima de outras pessoas sempre
vem pra cima de mim...então comprei
algumas "raquetes" e deixo em todos
os cômodos da casa. Quando aparece
algum, mesmo que seja umzinho só, parto para o ataque e começa a guerra. No fim ele tem que morrer
eletrocutado, caso contrário, não sossego...subo atrás dele ou deles,
em qualquer lugar: na cama, no sofá, na escada, etc. na saga de dar fim naqueles que me atormentam!
Felizmente, agora, que estou me deliciando no seu blog, não tem nenhum atormentando debaixo(no escurinho) da mesa do computador.
Bom dia e bom descanço!Glaucia Gripp

Patricia Corsetti disse...

Hehehe. Sei muito bem como é uma insônia! Isso acontece comigo quando estou ansiosa com alguma coisa (pior é que na maioria das vezes eu estou ansiosa!). Da última vez que isso me aconteceu, levantei e fui fazer as tags dos docinhos para a festa que eu estava preparando... Normalmente durmo com um caderno e uma caneta por perto por que tenho um turbilhão de idéias durante a noite a preciso anotar tudo, senão pela manhã... já era. Bjs

Patricia Corsetti disse...

Hehehe. Sei muito bem como é uma insônia! Isso acontece comigo quando estou ansiosa com alguma coisa (pior é que na maioria das vezes eu estou ansiosa!). Da última vez que isso me aconteceu, levantei e fui fazer as tags dos docinhos para a festa que eu estava preparando... Normalmente durmo com um caderno e uma caneta por perto por que tenho um turbilhão de idéias durante a noite a preciso anotar tudo, senão pela manhã... já era. Bjs

ELIZABETE disse...

QUERIDA JÁ ACORDOU?
FALEI DO SEU TEXTO NO APRESSADOS. BJOS!

Dagy disse...

Hihihi, Galucia eu sei que é difícil deixar de querer ser certinha, isso parece que nasce com a gente e não vai nos deixar nunca, né?
Mas relaxa, seu blog é ótimo!!! AMO!!!
Morri de rir com a história do seu pai, fiquei imaginando a cena...
Graças a Deus a insonia passa bem longe de mim, mas ao mesmo tempo, perco muitooo tempo da minha vida dormindo (chego a dormir 10 a 12 hs, às vezes), pois é nada é perfeito, então relaxa menina!!!
Bjoks

Vêu... disse...

INSôNIA, é o que desejo ter quase todos as noites para terminar os trabalhos da faculdade,rs.
Então, compre uma vitrolinha ouvir blues pelo youtube n é a mesma coisa né?, tem que ter o chiadinhos do vinil rolando =)

Bjos e uma boa música da Ella Fitzgerald para suas noites de insônia.

Guloso e Saudável disse...

Glau,
Pensei que era só eu que tinha insônia de madrugada, só que meu humor não é tão bom... rsrsrs.
Bom descanso e beijo.
Vânia

brigadeiro de papel disse...

rs... devia ter visto seu blog de madrugada, pois embora não tivesse com insônia a essa hora eu estava acordada com a dona Alice (meu bebê) me sacudindo a cada 10 segundos para ver se eu estava acorada.
O maridoco... dormia e eu peguei o computador para passar o tempo e conseguir m,e manter acordada, pois é melhor ficar assim do que achar que vai conseguir dormir e ouvir o chorinho dela.
sim... sem contar os pernilongos que não respeitam nenhum método de acabar com eles (remédios, tapas, janelas fechadas ao final da tarde...)
BEIJOSSSSSS

Cae Fernandes disse...

Precisa ser cricri não, garota!!! Tudo aqui é perfeito! rsrsr
Bjos e tenha uma linda noite de sono...

Cela disse...

Seu blog é maravilhoso, parabéns pela descoberta, hahaha. :D

Marta disse...

Eu graças a Deus não tenho problemas com sono, mas com pernilongos sim..rssss
Beijos

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin