23.6.11

Creminho de mandioquinha

Chegou o inverno. Dias mais frios, mais secos, céu azul, cabelo mais liso e vontade de comer comida quente, bem quente. Sopa. Cremosa, muito cremosa. Vontade também de fotografar, mas desta vez sem paninhos, sem florzinhas. Com bastante luz e sombra. 

Enquanto tratava as fotos, passava pro PB, comecei a refletir o que elas transmitiam. Quais sentimentos você tem ao ver estas fotos? Você lembra de alguma história? Fica difícil colocar em palavras? Vou te ajudar: você sente algo quente ou um tom mais gelado, misterioso? E isto causa o que em você?

Estou viajando? Mas você já parou pra pensar porque você escolhe fotografar determinado ângulo, de determinada maneira? Pq vc enquadra uma parte e exclui a outra?

_DSC0060

"Cada experiência do olhar é um limite. A gente não conhece as coisas como elas são, só mediado pela nossa experiência." Paulo Cesar Lopes - parte de um depoimento para o filme Janela da Alma.

_DSC0045

_DSC0062

_DSC0091

Creme de mandioquinha com batata e frango. Eu preparei um post que está bem explicadinho como preparar caldos e sopitchas, clique aqui pra ver. Confesso que a sopa ficou total em segundo plano, mas vamos lá! Fiz um tantão pra sobrar e congelar. 

- 300g de mandioquinha (batata-baroa)
- 300 g de batata
- 2 filés de frango
- água fervente o suficiente pra cobrir os legumes
- sal a gosto
- 1 colher (sopa) de manteiga
- meia cebola
- temperos a gosto
- creme de leite (coloquei meio potinho, mas você coloca quanto quiser. Pode trocar pelo requeijão ou até se quiser mais levinho, não colocar nada)
- queijo ralado pra polvilhar

Numa panela de pressão coloquei a manteiga e dei uma fritadinha no frango, quando estava douradinho coloquei meia cebola picada grosseiramente e deixei dar uma dourada. Acrescentei os legumes já sem casca e cortados em cubos. Mexi bem, acrescentei temperos, cobri com água fervente e tampei a panela. Depois de uns 10 minutinhos na pressão, desliguei o gás, esperei sair toda a pressão e vi que os legumes estavam bem molinhos. Separei o frango e bati tudo no liquificador (fique atenta pq talvez não seja preciso colocar toda a água, pode ficar ralo demais). Voltei pra panela, acrescentei o creme de leite, acertei o sal e a pimenta. 

Tá, tem horas que a gente precisa de um pouco de cor, né?

_DSC0080

Beijo e bom feriado! 

9 comentários:

Adriane Pinhate disse...

Fotos lindas! Bem misteriosas, na penumbra. Bom feriado para vc. Bjsss

YES we Cooking disse...

Fotos sensacionais! Lindíssimas, adorei! Bom feriado! Beijos, Cecilia

Carla Maciel disse...

Lindas fotos!!! Vou viajar para o exterior em agosto e estou torcendo para acertar na escolha da máquina para fazer belas fotos, claro que não com o profissionalismo das suas. Quanto ao creme, estou com água na boca e vou correndo ao mercado fazer esta receita para uns amigos que vêm aqui em casa mais tarde. Adorei!!!
Grande abraço!
www.arquitrecos.com

Diana disse...

VOcê está certinha. Com esse friozinho um caldo cremoso cai perfeitamente
bjos

Roberta Mello disse...

Sinceramente? Prefiro bem mais as fotos coloridas e alegres. A vida já é tão triste as vezes, que pra mim fotos têm que ser alegres, mas gostei do seu texto. Sopinha de mandioquinha é de longe a minha preferida. Beijocas.

Flor de Alfazema disse...

Curiosos ângulos... Ficaram bem legais!! Abç Umdianocampo.blogspot.com

Glau disse...

Roberta, engraçado pq eu não sinto estas fotos como tristes, talvez um pouco mais sombrias e misteriosas, mas triste eu não vejo. Beijos

Sara disse...

Eu gosto de fotos P&B e sépia, acho que dão um tom mais artístico e poético ainda a qualquer fotografia. Gosto das cores também =) mas como tenho alma melancólica fico com as monocromáticas.
Essa sopa tá convidativa demais, aqui chove há dias, faz frio, precisamos delas pra aquecer.
Bjs =)

Bebela disse...

Ninguém é colorido todo dia.
Por que metade de mim é preto e branco e metade é colorido!
Adoro fotos assim!
:*

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin