6.5.11

Comidinha de mãe

Sei lá, não sou muito fã nem de Dias das Mães nem de Dia dos Pais, acho sacanagem pra quem não tem mais pais ou pra quem passa longe, sem contar a parte toda comercial do negócio. Trocaria estas comemorações pelo Dia da Família e, na boa, família não envolve somente laços de sangue. 

Enfim, tô de bico porque passarei o Dia das Mães em Brasília e morrendo de ciúmes que todos irão se encontrar em casa (SP)! Mas também não acho justo eles não se divertirem e não se encontrarem só pq eu ficarei por aqui. 

_DSC0013

E dai que deixei um pouco o bico de lado e preparei uma comidinha de mãe em casa. Arroz, franguinho e salada de tomate. Não tem uma receita a seguir, mas eu segui este modo de fazer aqui ó. Vou resumir: lavo bem o frango, coloco todos os temperos que tenho vontade, um monte mesmo e deixo marinando pelo menos por 24 horas, mas você não precisa deixar este tempo todo. 

_DSC0046

Neste frango eu nem lembro o que coloquei, mas sei que teve suco de limão, azeite, orégano, lemmon pepper, molho inglês, alho fatiadinho e sal. Mas você coloca o que quiser e gostar. Sem regras!

Na hora de colocar pra assar, coloquei 3 batatas cortadas com casca mesmo pq eu gosto, cobri a travessa com papel alumínio e foi pro forno em 200 graus. Quando eu vi que o frango já estava bem cozidinho, tirei o papel alumínio e deixei dourar.

Preparei arroz fresquinho e uma saladinha de tomate-uva, aquele menorzinho e super saboroso, sabe?

_DSC0005

Frango é gostoso e este dai ficou uma delícia, mas muito difícil fazer uma foto que ele fique com uma cara apetitosa e dai eu trouxe as galinhas pra cena. 

_DSC0010

E agora me conta você: Vai ter almoço no domingo pra comemorar o Dia das Mães? O que vai ter de bom?

Beijos

Ps: Deixa eu explicar.. não sou contra presentinhos, desenhos, mimos, carinhos, café da manhã especial. Muito pelo contrário! Aliás, meu blog é basicamente disto. Eu quis enfatizar neste post que só acho triste pra quem não tem mãe, pra uma mãe que perdeu um filho ou pra quem está passando estas datas longe da família. Por isto acho interessante que tivesse o dia da família, mas enfim... já que não temos e temos a data do Dia das Mães pq não comemorar? 

30 comentários:

Isa disse...

Amei a cara do seu franguinhooo!
Faz pra mim ? kkkk

Glau disse...

hahah faço sim.

Tathyana disse...

Domingo terei em minha casa, pela primeira vez meus pais, irmãos, sogros e cunhada todos juntos. Vai ter bacalhoada e outras coisas deliciosas. Bjs

Glau disse...

Nossa Ta, que show! Sua casa vai ficar lotada.. que delícia.

ana cristina disse...

Também moro em Brasilia e passarei o dia das mães longe da minha, já o almoço da mamãe aqui vai sobrar pra mim mesmo então gostei da sugestão desse franguinho, facinho e gostoso

Carla Maciel disse...

Hummm... quase sinto o cheirinho do frango...rss. Adoro seu blog, quando preciso me inspirar para uma ocasião especial sempre passo por aqui, acho seus cardápios super sempre descolados!!! Aproveito para te convidar a participar de um sorteio de um par de quadrinhos em crochê e a fazer uma visita a um Bazar de Artesanato que está rolando em Brasília até esta sexta-feira.Todas as informações estão no blog. Por falar nisso sobrou para minha mãe cuidar do Bazar...rsss. Mas vou compensá-la fazendo um almocinho bem simpático no domingo, com direito a um risoto bem caprichado!!! Grande abraço!!!
www.arquitrecos.com

Tania disse...

Oi Glau,
Acompanho o seu blog a algum tempo e com relação ao Dia das Mães/Dia dos Pais, tirando a parte comercial é uma delícia (sou mãe de 2 meninos) e olha que o meu menor aprontou muiiitttoooo ontem. Acho que tem que comemorar mesmo, porque não é fácil ser mãe e é tão gostoso receber aquele monte de papel todo desenhado.Enfim quando você tiver seu filho vai entender o que estou dizendo...

Glau disse...

Tania, não duvido disto.. imagino que deve ser uma delícia mesmo. Minha mãe tem guardado em casa presentes que fizemos em 1900 e bolinhas. Eu comentei que pra muitos esta data traz tristeza e recordações... penso no filho que acabou de perder uma mãe, na mãe que perdeu um filho, quem nunca teve uma mãe pra dar carinho.. enfim. Acho que é um assunto polêmico por isto eu sou a favor do Dia da família com direito a mimos, desenhos de escola, carinho e mta comilança boa!

Bjos pra vc, Glau

Katima disse...

Hummm!
Ainda não sei o que vou fazer no domingo. Mas sei que como todos os anos vou passar longe da minha mãe, mas com minhas filhotas. Aproveite o dia para namorar muuuuuito.
Beijos Kátima

Sandra Reis disse...

Glau, concordo com vc na questão de todo o apelo comercial dessas datas, mas sou uma pessoa que curte os rituais, e também essas datas são para isso. Dia das Mães é o ÚNICO dia do ano que tenho meu café da manhã preparado pela minha filha e maridones, ganho uma omelete mega salgada, um monte de bolinhos de padaria daqueles bem fubenga, beijos, mimos e um dia sem malcriações...UM LUXO!! Também vou mimar minha mãe que passei a amar e admirar mais ainda depois de meu pai ter partido...a falta deles também une quem fica, tenho constatado isso.
Sufestão para vc que vai estar longe...pluga no skype e almoce junto com sua família. Pode ser divertido, quem sabe?
bjs

Ana Vergara disse...

Amiguinha, sua mãe tá presente no teu coração... e este frango (com galinhas d'angola) está mesmo apetitoso! Eu faço um semelhante, mas gosto dele mais molhadinho. Coloco um suco de laranja junto, mostarda e salpico chimichurri. Depois de pronto, separo o caldo e preparo um molho acrescentando vinho branco e um pouquinho de creme de leite.
Quer dica de um arroz fresquinho bem solto e rápido de preparar? É à moda mineira - arroz de duas águas! Te ensino, se quiser!
bjs de uma amiga-mãe muito feliz!
DaAna

Ateliê Basile disse...

Ah, Glau... não fala assim do dia das mães, não! É um dia tão, tão, tão bonito! Essa semana, Lucas chegou em casa com um desenho lindo feito na escola para me presentear. Tem coisa mais querida?

E nunca vou esquecer minha primeira comemoração dessa data, quando ele estava na minha barriga... perto de nascer! Recebi vários telefonemas (primos, cunhados, amigas) para me desejar boas energias. Parecia que era meu aniversário.

Fiquei com vontade de comer esse frango, que além de gostoso é light!

Beijos,
Vivi Basile

Sara Graciano disse...

Eu vou fingir que não é dia das mães, mesmo assim, vou fazer um belo almoço pra minha sogra =)
Bjs amiga!

Essa sou eu disse...

Estou fazendo uma lembrancinha de dia das mães para minha mãe e outra para minha irmã, baseado no seu post "Presentes cheio de mimos II" do dia 18/04.
Depois vou mostrar lá no blog.
Esse franguinho parece delicioso!!!
Beijo:)
Janice

Gourmandisme disse...

Oii Glau, se é um consolo, também vou passar longe da minha mãe! E ontem a noite fiz uma comidinha dela, só para matar a saudade!!! Dá uma olhada no meu blog: http://gourmandisme.blogspot.com
Faz parte da vida a distância, né?

Beijos,
Bruna

saborcomletras disse...

Alcançar a essência dos sabores é entrar em sintonia com lembranças guardadas em arquivos que criamos para preservar nossas memórias mais tenras. O cheiro de quintal lá da infância da gente, o gosto do almoço caprichado aos domingos, as conversas com a mãe à beira do fogão, o café da manhã com pão quentinho, os sonhos partilhados, o cheiro de feijão cozinhando na panela, o aroma de erva colhida na hora, um finalzinho de tarde com encanto. Tudo isso é despertado quando conseguimos reproduzir o sabor de pequeninos gestos tecidos a luz do cotidiano de uma cozinha afetiva.

segredinhodecomadre disse...

Glau, adorei a ideia do Dia da Familia, seria fantastico!
Sobre o frango, babei! Acabo de ver uma receita de frango assado no Figos e Funghis e agora aqui, fiquei com muita vontade rsrs...
Bom final de semana!
Debora

ReMoTa disse...

Eu só posso estar doida, né... visitar o Quitandoca às 11h45???

É muito sofrimento pra uma pessoa faminta! Rs...

Delícia, como sempre.
Beijoca!

http://mariagastadeira.blogspot.com

Ivani disse...

Oi Glau, o franguinho ficou ótimo!!
Comidinha com cara de mãe!!!
beijos
Ivani

Roberta Lito disse...

Glau, até que enfim alguém pensa como eu. Acho estas datas uma saia justa só,(eu so uma que não gosto muito desta data...dói sabe), concordo com você que seria melhor se existisse o dia da família e de pessoas que são tão importantes e que não tem nosso sangue.

Beijos e desculpe pelo desabafo.

Roberta Lito

Vera Martins disse...

Glau,
Entendo perfeitamente teu sentimento...
Mas, enfim... é só comércio mesmo pq mãe a gente tem que saudar todos os dias...
Bjs...

Bebela disse...

Tô de bico junto com vc! Pois minha Mãe também está em outra cidade...
Entendo totalmente o que você disse sobre o Dia das Mães e compartilho essa ideia. ;)

Beijo!

Guacira disse...

A comidinha da sua mãe !

Salada verde, palmito (em sua homenagem). Talharini ( molho Vó Yone)e molho a bolonhesa ( ao gosto dos convidados), pernil assado com batatas.
Sobremesas por conta dos convidados.
Não se preocupe,sua parte será congelada e qdo vc chegar comemoraremos juntas o Dia das Mães!

Beijos Gua

Ruby Fernandes disse...

Eu sei como é... sempre passo aqui em Bsb.
A parte comercial me incomoda muito.
bjo florzita, saudades de vc =D

Jussara disse...

Oi, Glau,
Tb sou contra datas comerciais, concordo que um dia para a família seria muito mais interessante e justo. Tb acho que datas assim deixam as pessoas tristes, aquelas que como vc disse, perderam o filho, perderam a mãe, quem nunca teve mãe, etc. A obrigatoriedade de se comemorar a data tb é chato. Sei que é clichê, mas dia das mães é todo dia; assim como o dia dos pais, dia da mulher, etc.

Bom, vc não vai acreditar, mas ontem à noite passei aqui justo pra ver essa receita de frango e anotar o que eu precisaria comprar hoje (me recuso em ir ao supermercado no fds, na véspera de uma data comercial). Foi o que decidi fazer no domingo pra minha mãe, pra liberá-la da cozinha. Fiz ano passado no aniversário dela e ficou muito bom. E como a receita é fácil e gostosa [e eu não gosto muito de cozinhar], vou repetir a dose ;).

Bjs.

Andreia Braga disse...

Fraguinho é tudo de bom...

Bjs

Andreia Braga

cami disse...

Eu tbm tô de bico, to longe da minha mãe e da minha família e tô dividindo essa raivinha com vc!

cassia disse...

eu vou fazer pra mamis, que vem almoçar aqui, galinhada e de sobremesa pudim de pao...pra ela lembrar da vida no interior!

Marta disse...

Ahhh Glau.. ligue para sua mãe e mate as saudades.. programe uma viagem para dar um aperto nela!!! Adorei a receita!
Beijocas

Thiara Ney disse...

Glaaaaauuuu, eu vou passar o almoço de dia das mães com a minha, mas comendo comidinha de hospital. Não é tão bom nem tão ruim, não é? E ainda tem a vantagem de a vovó passar o dia com a gente, já que está em SP por causa da cirurgia.

Aliás, minha avó acabou de sair daqui do hospital e super triste porque eu falei pra ela ir almoçar com meu tio e porque não vai dar pra ela almoçar aqui com a gente amanhã porque não tem quem a traga.

Enfim... Tem tantas formas diferentes de enxergar e de passar o Dia das Mães, né?
=)

Bjos!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin