22.2.11

Como funciona sua cozinha?

Tem algumas perguntas que parecem ser simples de responder, mas que pra mim são praticamente uma "missão impossível" de serem respondidas, por exemplo: Quanto de sal colocar no arroz? 

Te juro, eu não sei te responder. Não sei qual é seu gosto, não sei se vc gosta de mais salgadinho, não sei a quantidade de arroz que você vai fazer. Se você jogar na net com certeza vai aparecer uma infinidade de receitas. Não acho ruim, muito pelo contrário, tem um mundaréu de sites legais que nos ensinam a cozinhar, a testar ingredientes novos, a arriscar mais.

A minha cozinha é muito intuitiva. Coloco um pouco disto, um pouco daquilo, tem dias que quero mais picante, outros uma comidinha mais leve. Vou fazendo e provando. Sem estresse, sem nóias. E muitas vezes sem explicações e sem medidas, funciona no famoso olhômetro. Se não tenho determinado ingrediente, troco por outro. Pra mim a cozinha (do dia-a-dia) é simples, mas outras coisas pra mim são complicadérrimas.

Nem tudo na minha cozinha é mil maravilhas, já queimei muito a mão, já solei muito bolo, já salguei demais a comida e outras coloquei bem menos. Cada um tem um jeito de cozinhar.. tem os mais atiradinhos, os mais inibidos, os mais estabanados, os que seguem tim tim por tim tim a receita, os que ainda se sentem inseguros de encarar um fogão. E você? Você cozinha? Você consegue definir seu modo de cozinhar?

Enquanto isto, como estou na fase de tomar café, coloquei uma xícara a mais pra você. Puxe a cadeira e vem me contar!

_DSC1417

Mas eu te digo, muitas vezes tenho dificuldade de passar a quantidade "certa" dos ingredientes, mas eu cozinho com mto carinho. Ai de você se você negar minha comida! :)

_DSC1425

Ps: Amiga, obrigada pela pergunta exemplo e pelo pão de queijo que vc deixou aqui  :)
Ps2: Fiquei de tititi por aqui e o pão deu uma queimadinha :) 

30 comentários:

Cabeça de Papel disse...

MInha cozinha é pequena e trivial, mas funciona todo dia. Tem uam mesa onde fazemos questao de ficar um pouco prá comer e também prá converar. Como temos uma menininha de 2 anos, o que mais sai da minha cozinha é comidinha feita na hora, colorida, sem muito sal, sem muito açúcar. E claro, sempre tem pão de queijo. Eu gosto de cozinhas, mas tenho preguiça de lavar a louça.

Bjus, Estefania

Sara disse...

Foi engraçado o pão de queijo ter dado uma queimadinha bem nesse post pq exibe bem que a cozinha as vezes prega peças na gente, como o sal de mais ou de menos ou alguma coisa passar do ponto. A minha cozinha é bem como a sua (talvez por ser ariana tb) e a gente vai arriscando e experimentando até achar que está um ponto legal. Uma vez uma amiga minha me pediu uma receita de um peito de frango com shoyu que eu fazia quando estava na casa dela e simplesmente eu não soube dizer. Eu ia jogando ervas que achava, o shoyu no olho e por aí vai. A cozinha é intuitiva mesmo, cada um tem seu jeitinho de fazer. Bjs =)

Nataly disse...

Minha cozinha também é bem intuitiva. Não leio blogs para aprender as receitas nos mínimos detalhes, leio porque adoro saber o que acontece nas outras cozinhas e tirar ideias de pratos diferentes pra variar o cardápio do dia a dia. Daí acrescento meus temperinhos, substituo os ingredientes que não tenho por outros... Acho que cada cozinha é única porque cada cozinheira é única :)
Adoro sua cozinha. Obrigada por compartilhá-la conosco ;)
Bjos!

Fabiana disse...

Glau,
Eu sou aquela insegura para algumas receitas e a que não esquenta a cabeça para outras receitas.
Quando faço o trivial, vou temperando do meu jeito, até o arroz, como durante muitos anos comi arroz japones, não esquento muito com o negócio do sal, tem dias que falta sal e tem dias, que está no ponto.
Mas agora, quando são outros tipos de pratos, faço tudo ao pé da letra.
E quando cozinho para visita então,....é pior.
Fico nervosa, ansiosa, insegura....
Já aconteceu de eu fazer maionese para a visita, e quando ficou pronta e fui experimentar, ela tinha azedado, quis morrer.
Agora, não arrisco mais, e adoro quando a visita me liga antes para avisar que vem comer em casa, pois só assim, respiro fundo, compro os ingredientes com calma, e preparo tudo direitinho e com mais tempo. Assim, se queimar ou azedar algo, parto para o plano B, antes da visita chegar.
beijos

Ana Matusita disse...

Minha cozinha é que nem a sua, e que nem a da minha avó: tem dias de mais sal, de menos açúcar, muito no olho e na emoção da hora. Mas sempre tem algum cheirinho bom, alguma carta na manga pra encompridar a conversa com os amigos na mesa pequena!
bj

Fabiana disse...

Você é tão serena, seus posta são tão gostosos de ler. me sinto em casa. Além das suas fotos que dão uma tranquilidade incrível. Bjs

Ateliê da Nanda disse...

Eu ainda vou cozinhar na cozinha da minha mãe por pelo menos mais uns 2 ou 3 meses, até me mudar! Mas minha cozinha funciona como a sua, no olhometro mesmo! Olho a receita, vejo se tenho os ingredientes e o que não tenho eu substituo! Vou cozinhando e provando, sentindo mesmo a comida! É assim que eu cozinho!!!! Mas um porém, eu cozinho lavando a louça pois tenho PAVOR de bagunça!!!

Bjssss

Anônimo disse...

Querida Glau,

Eu adoooooooro pão de queijo desse jeito que ficou o seu! Que bom que vc gostou da prosa de ontiiii, e que bom que ainda sobrou pão de queijo kkkk

Foi eu que fiz.... a compra kkkkk

beijocas,
Pati Sato

Chris disse...

Glaucia, cozinhar é pura arte...e como todo artista...as misturas são inevitáveis.
Na minha cozinha não falta, alho,cebola, um bom vinho IZIDRO M e sal marinho. as verdurinhas frescas já estão vindo da horta, que por sinal está um espetáculo.Para os doces, leite condensado e frutas secas...ameixa, damasco umas castanhas e aí a imaginação voa!
Adoro suas receitas, ja fiz algumas e todas deram certo.Bjim pro cê e estou esperando nosso café...sua lembrancinha está guardada para casa nova.

Carla disse...

Glau, minha cozinha, coitada, funciona tal qual a dona. Tem dias que ela é ácida: e dá-lhe vinagre na salada. Tem dias que é doce: e lá vão quilos de açúcar e mel no bolo. Tem dias que é insossa: faltou sal no feijão. Tem dias que é bem picante: então junto todas as 5 pimentas que tenho aqui. Tem dias que é bem preguiçosa: o jeito é só esquentar um leite no microondas. Tem dias que é metódica:e sofro para calcular as 3 gramas de fermento que a receita pede.
É assim, a minha cozinha,e a de todo mundo creio eu, é a extensão do nosso ser, reflexo da nossa alma. Um beijo carinhoso.

Cristina Gomes disse...

Glau,
Minha cozinha é engraçada. Passei por várias fases: Primeiro detestava cozinhar, depois comecei a ter um pequeno interesse mas dela não saia muita coisa diferente.Ai comecei a gostar mas...medo, muito medo. Comecei a fuçar em bogs. Perdi o medo e fiquei abusada.Adoro testar, improvisar mas ainda sofro muito quando não dá certo..que nem o yakissoba de domingo...ó dor....

Milena disse...

Mais do que apenas ir para a cozinha,devemos ir com vontade e prazer.
Cozinhar por obrigação é sim,muito chato.
É como na alquimia,ter intuição,ingredientes e misturar até sairem os aromas e os sabores.
Um dia a fórmula pode desandar,mas faz parte da experiência.
Quando desanda,às vezes,sobra até história boa para se contar,
bj

Dani Dickel disse...

Glau!!! Saudade de você!
Esses dias acho qeu te vi no comércio do Sudoeste com algumas amigas... era você?
Sou como você na cozinha: uso o olhômetro quase sempre. Só não uso para bolos porque MORRO de medo deles ficarem ruins... kkkkkk
Glau, e esse quadrinho? A nem quero ele também! Por acaso foi de algum lugar da net?
Ah e seus posts estão cada vez mais gostosos de ler. Parabéns!!!!
Beijos,
Dani Dickel

Conversas da Carol disse...

Glau, por acaso estou aqui com um xícara de café na mão me senti mesmo nessa mesa com vc, hihi! Minha cozinha é pequena, anda um pouco abandona por conta da vida de casada x estudante mas é meu cantinho preferido. Queria ser mais corajosa, trocar os ingredientes sem medo agora sou igual a vc, não me pergunte medidas. Tenho a mão pesada pro sal portanto meu marido ou os amigos são convocados a provar antes de jogar a última pitada,rsrs!
bjoooo
Carol

Andrea Cristiane disse...

Oi Glau, minha cozinha é a parte da casa que mais gosto, cozinho com amor e vai na intuição e na provadinha básica e também vou lavando a louça durante o preparo, pois não gosto de ir dormir com a louça suja, atrapalha meu café da manhã. Bjos

Dani disse...

La em casa a coisa funciona assim também. Ja aconteceram desastres culinários, acidentes de "trabalho".

E tb é complicado passar a dose de algo que se faz por sentido na hora, e as adaptações de uma receita.

Afinal somos todas alquimistas de nossas cozinhas não é?!

Cristina disse...

Oi Glau, adoro seus posts. Eu sou muito rápida, até que cozinho bem, adoro inventar coisas diferentes e não experimento nada, vai tudo no olhomêtro e dá certo,rsrsrs. Beijocas pra ti e uma ótima semana.

Paula Steele disse...

Bom dia Glau, adoro suas fotos, receitas e a forma como vc escreve e descreve a vida rsrsrs. Me divirto mto com seus posts e adoro sua paixão por banana. Fiz sua receita de torta/bolo de banana e ficou perfeito-maravilhoso-delicioso foi o maior sucesso em casa e no escritorio. Apesar dos trinta e poucos anos só agora descobri q cozinhar é minha praia e q até levo um pouco de jeito, só q no dia a dia a coisa é no "olhomêtro" basico e por mais estranho q parece os resultados são delicias e mais delicias rsrsrs. Só pra doces, bolos, tortas receitas mais elaboradas q recorro aos blogs e alguns livros de receitas q comecei a colecionar. Infelizmente pão eu ainda não me encontrei ja tentei algumas receitas, mas sempre algo da errado :P não vou desistir um dia eu chego lá rsrsrs.
Um forte abraço e continue com as receitas de banana q são minha favotitas, bjo e sucesso ;)

Flávia Mergulhão disse...

Oi Glau...minha cozinha é de "orelhada", a maioria das vezes...junto um pouquinho de cada coisa e no fim dá certo! Mas qdo quero impressionar , ai sigo uma receitinha! rsrsrs
Como vc adora fotografia e tem cada foto linda, te convido para dar uma passadinha no meu blog amanhã .
Vão rolar as regrinhas de um concurso de foto lá no blog e eu gostaria da sua participação ...claro, se vc quiser!
Te espero lá no Ateliê da CAiê e quem mais quiser! Todos convidados!

bjocas

Flávia
http://ateliedacaie.blogspot.com

SHEILA disse...

Oi, Glau, já acompanho seu blog a um tempinho e acho ele incrível, parabéns!!! Que imagens lindas.
Adoro cozinhas e cozinhar também, acompanho as receitas, adoro!!!
Minha cozinha é pequena, mas funcional e aconchegante, adoro, antes de fazer faculdade eu cozinhava mais, mas depois da faculdade tudo ficou muito preguiçoso, agora não faço tantas receitas, mas quando tenho tempo, me arrisco, mas quando tiver um fogão e forno a lenha, vou usá-lo sempre.
Bjsss

Joy disse...

Oi Glau!
Minha cozinha é muito na correria, tudo bem rápido, pra falar bem a verdade não sou muito criativa na cozinha não.. hehe.
Normal o pãp de queijo dar uma queimadinha... rs beijo.

Jux disse...

Glaucia...
então, leio seu blog faz tempo mas nunca havia comentado... e hoje, seu convite para o café - que AMO - foram bem convincentes a me fazer comentar...
Minha cozinha é meu reino, meu santuário secreto da alquimia.
Amo cozinhar desde todo o sempre pois, para mim, comida é pura linguagem amorosa... é minha forma pessoal de demonstrar Amor...
Minha cozinha é pequena mas charmosa, bastante madeira, tem ervas frescas na janela - alecrim, manjericão, cebolinha, lavanda, sálvia e alho. Tenho mil ervas secas também.
Minha cozinha tem um quê de intuitiva (vide Sol em Peixes), com boas doses de perfeccionismo e detalhes (santo Ascendente em Virgem). E tudo isso para fazer os "feitiços" e seduzir por completos quem amo (inegável Lua em Escorpião).
Sigo receitas mas as perverto SEMPRE. E cozinhar para mim tem sempre que ter dose grande de desafio: AMO AMO AMO ver receitas inovadoras e pensar "será que consigo?" E por não saber que é "impossível", voilá! Vou lá e faço!

Sua cozinha virtual é maravilhosa!

Abraço

Jux

Ju Padilha disse...

Glau,
que delícia!! cafézinho aceito! o pão de queijo moreninho fica crocante por fora e macio por dentro, tudo certo!!
depois que casei, minha cozinha ficou super equipada com os presentes todos, que fiquei com vergonha e decidi fazer uso de tudo aquilo!!! ou seja, estar na cozinha é algo bem recente em minha vida e estou adorando tudo isso!! imagino que vc tenha seus obejtos favoritos? o bule vermelho que sabe?! não sei porque, mas sou apaixonada por colheres de pau!! elas me lembram que na minha infância eu amava raspar a tigela da massa de bolo, com a colher de pau e que por ser maior que as outras, mal cabia na boca!!! que gostoso!!!
obrigada pela lembrança espontânea, conversas de cozinha são sempre as melhores!!
beijinhos!

Daniela *Lara* disse...

Adorei esse post.
Uma delícia ler os comentários.
Eu sou bem parecida com a Nataly. Já me acostumei aos temperos, então eu abuso... troco, experimento, faço a mesma receita de várias formas.
Gosto de ver blogs de culinária... de ter novas idéias...
Mas tenho um grande problema! Gosto muito da minha comida e meu marido também, mas morro de vergonha de cozinhar para os amigos... Será que tem cura? - rs...
Beijos e adoro o seu blog!

Glau disse...

Meninas, quem me manda o recadinho com email eu consigo responder.

Tô amando todos os recados. Estou mto feliz que vcs abriram a cozinha de vcs pra mim.

Super obrigada mesmo. De coração!
Bjos

Karla Maria disse...

Minha cozinha é totalmente intuitiva, poucas receitas eu consigo seguir sem dar o meu pitaco, principalmente de bolos e doces.
Além de ser, pra mim, o melhor lugar da casa.
Bj

mArCeLe disse...

Minha cozinha normalmente é ditada pelo que há na geladeira. Com exceção das folhas, dos legumes, o prato é guiado pela despensa e pela geladeira mesmo. Se penso em estrogonofe de frango mas no congelador só tem carne, vai o de carne mesmo. Se tem um franguinho e um milhozinho em conserva vira um fricassê... Intuitiva tb, como a sua, nada de medidas nem regras quando o assunto é o trivial. Normalmente tenho tudo em casa mesmo, inclusiva uma pequena hortinha em vasos de barro. Então sempre tem jeito de um toquezinho a mais! =) Adorei "tomar esse cafezinho" com vc. Uma beijoca!

Roberta Lito disse...

Minha cozinha pelo tamanho dela produz muito, é por lá que são produzidos meus ChocoLito's e minhas comidinhas em geral.
Sou meio alquimista, as vezes invento cada moda que dá certo.

Bjs
Roberta Lito
www.chocolitos.com.br

Maga Nogueira disse...

Na minha cozinha sai comidinha (almoço) feitinha na hora todos os dias, porém sempre com receitinhas rápidas...

detalhe: a hora do almoço é loucura aqui em casa... preparo comida, arrumo lancheira, mochila e filha p/ levar pra escola e na sequência... buscar o outro filho que chega e vai almoçar tbém.

Resumindo... A janta é "restô de almocê" mesmo... já não fico mais tão simpática com minha cozinha. Quero mais a sala.

Bjo....

Fernanda N. G. Giuliani disse...

Ixi Glauzita! Além de mão queimada, fiz váários corte tbm...kkk
Pão de queijo queimadinho - adooooro!! rs
Adorei o post!!
bjao querida

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin