8.11.10

Gnocci ao molho à bolonhesa


Domingo dia de comer massa! Nem sempre! Em casa não tem esta regra, mas ontem fiquei com vontade de ir pra cozinha e preparar uma comida típica da Mamma! Fiz gnocci com molho à bolonhesa. Segui a receita do livro maravilhoso da Marcella Hazan, Fundamentos da Cozinha Italiana Clássica. 


Eu tinha uma imagem que fazer gnocci em casa dava trabalho, até já tinha feito uma vez, mas te falo que não dá! Basta uma dose de disposição!

Gnocci de Batata
- 675g de batata pra cozinhar
- 1 1/2 xícara de farinha de trigo

A escolha da batata é bem importante. Não conheço os tipos de batata, mas as mais indicadas são as menos farinhentas e as menos aguadas. Coloque suas batatas com casca para cozinhar numa panela com bastante água e leve para ferver. Cozinhe até amaciar. Evite espetá-las com garfo para não ficarem encharcadas. Quando estiverem cozidas, escorra e tire a casca quando elas ainda estiverem mornas. Passe num processador manual (espremi com garfo mesmo) e trabalhe a massa enquanto ainda não esfriaram.

Adicione quase toda a farinha ao purê e mexa até obter uma mistura macia e homogênea. Algumas batatas absorvem mais farinhas e outras menos, por isto não adicione toda a farinha de uma vez.A minha eu precisei colocar 2 xícaras de farinha. Pare de adicionar farinha quando a massa estiver macia, mas ainda levemente grudenta.


Polvilhe uma superfície com farinha. Divida a massa em duas partes ou até em mais partes e faça 2 linguiças (minhoconas). Fatie os pedaços. Coloquei todos em 2 pratos com farinha polvilhada, pra não grudar! Separe uma panela grande e coloque água com um pouco de sal para ferver. Assim que água levantar fervura, coloque aos poucos os gnoccis. Está pronto quando eles sobrem à superfície, retire com uma espumadeira. Experimente, se vc achar que o gosto de farinha está forte, deixe cozinhar por mais alguns minutinhos.


Molho à bolonhesa
Antes de começar a receita a autora passa algumas dicas ótimas!

- Para fazer um moho ainda mais saboroso devemos adicionar sal na carne asim que ela começar a saltear,pois ajuda a carne a liberar seus sucos.
- Cozinhar a carne no leite antes de adicionar vinho e tomate protege contra acidez dos ingredientes.
- Utilizar uma panela que retenha calor.
- Cozinhar no fogo mais baixo possível com a panela destampada (faz toda a diferença, viu!) nunca por menos de 3 horas de preferência mais! Ou seja, você vai fazer seu molho muito antes do gnocci, ok?

Ingredientes
- 1 colher (sopa) de óleo (usei azeite)
- 3 colheres (sopa) de manteiga
- 1/2 xícara de cebola picada
- 2/3 xícara de salsão picado (omiti)
- 2/3 xícara de cenoura (omiti)
- 350g de carne moída
- sal a gosto
- pimenta a gosto
- 1 xícara de leite integral
- 1 xícara de vinho branco seco
- 1 1/2 xícara de tomate em lata (aquele Italiano, sabe? Sem peles! Usei 2 latas)
- queijo ralado

Coloque o azeite, manteiga e cebola na panela e ligue o fogo médio. Salteie a cebola até ficar transparente, adicione a cenoura e salsão e cozinhe por cerca de 2 minutos, mexendo bem. Adicione a carne com uma boa pitada de sal e pimenta. Espalhe a carne e mexa até que ela perca o vermelho de carne crua. Coloque o leite e deixe cozinhar em fogo baixo até evaporar completamente! Adicione uma pitadinha de noz moscada. Chegou a hora do vinho, coloque a xícara e deixe cozinhar até secar. Coloque os tomates e mexa muito bem., deixe o gás super baixo e cozinhe com panela destampada. Enquanto o molho cozinha é bem possível que a água seque e a gordura começar a separar da carne, vá adicionando água sempre que necessário. No final deve sobrar pouca água, corrija o sal.

O gnocci rendeu 4 porções (ou até 3 se tiver alguém que come muito) e o molho rendeu bem mais, deu até pra congelar!


O meu queijo parmesão tinha acabado e coloquei gorgonzola por cima!
Te garanto, ficou muito bom!

Beijos e boa semana!

16 comentários:

Fernanda N. G. Giuliani disse...

Amiga, de longe, gnocci é um dos meus pratos preferidos!!! Eu não faço porque se comesse sempre que tivesse vontade, estaria rolando muuuito hj! rs
Achei seu molho sensacional!!!
Grande bj e ótima semana
Fe.

Fernanda N. G. Giuliani disse...

Ah....fiz sua sopitcha de brócolis!...comi praticamente sozinha!!! rsrs Uma delícia! bjs

Téia disse...

AMO NHOQUE, AMO...Lá em casa é quase toda semana, depois que aprendi o do Claude, viciei, só troco o molho. Achei esta receita tão singela nos ingredientes, deve ficar super macio, hummm...Bj grande queridona. Teinha.

Luiza Coelho disse...

eu estava lendo o post e pensando mas eu chamo isso de nhoque... mas é que você é chique e escreveu em italiano... mas foi bom pq até dei uma pesquisada no google sobre esse prato... sou curiosa e adoro aprender!
Adoro nhoque com molho ao sugo pois sou vegetariana... é uma confort food ne?
Quanto ao molho, não sei não mas acho que eu nem ia congelar na minha casa... gosto de massa com muuuuuuuuuuuuuito molho... praticmanete uma sopa, rs!
Como até no bowl ou no prato fundo... hmmmmm que fome!
beijos

leticia castro disse...

quantos livros lindos!!! :)

pq vc não faz uma lista com todos os livros de culinária que vc tem como a lista da Ana do La Cucinetta??? Acho tão útil! :)

Ateliete® disse...

Hmmmmmmmmmmmm que delicinha hein?! Admiro quem tem disposição é gosta da arte de cozinhar! Não sou fã, mas adoro comer hehehehehe!!!
Meu marido é italiano e na família dele é lei sim. Domingo é dia de macarronada da mama - rs!
Adorei as fotos.
Ecelente semana,
Bjks
Eliete

Eliane Fortes disse...

Glau,
Em geral na quitanda ou na feira os vendedores indicam qual é a melhor batata para esta receita. É a que solta menos água, assim coloca-se menos trigo. Tem também um tipo que é para cozinhar e outro para fritar, e por aí vai...
Bjss,
Eliane

ameixa seca disse...

Adoro mas nunca fiz em casa. Qualquer dia tenho que experimentar :)

disse...

Isso é tudo de bom e mais um pouco!

Daniela disse...

Mais uma receita estrelada! Eu amo nhoque, mas nunca fiz por medo da bagunça, hehehe...
Aguei!
Bjs

Mariana Bicalho disse...

Huuummm... Deu água na boca!
Só suas comidinhas mesmo pra curarem os enjoos da minha gravidez!
Incrível! Passo o dia todo sem vontade de comer porcausa do enjoo e aí é só entrar no seu blog pra ficar com água na boca!!!
Bjo.

Lorena Bezerra* disse...

Ai Glau, gnocci aos domingo é bem comida de vó! hehehe!!
Adoro a forma como você apresenta o prato! Lindo, lindo!
Tenha uma ótima semana!

Lúcia disse...

Hum... AMO essa bolonhesa da Marcella! Realmente é bem diferente da abordagem "faz uma carne moída e mergulha no molho de tomate" que a gente vê pelo Brasil afora, né (na casa da minha mãe era assim)... A (pouca) cenoura realmente faz diferença, o gostinho de vinho lá no fundo...
Eu não sei se sobrou, mas eu acho que no dia seguinte esse molho fica melhor ainda!
Nhoque eu ainda não tentei fazer, mas vontade não falta. Sempre fico com medo dessa "escolha de batatas".

Carlos e Sara disse...

Gostei muito do seu blog, bem escrito, organizado e com fotos lindas, mas o que me chamou a atenção foi a estante de livros, reconheci uns seis livros que também possuo, inclusive o livro de onde tirou a receita do gnocci.
Eu e minha esposa tb temos um blog (www.umcasalnacozinha.blogspot.com), visite-nos.
Att
Carlos Eduardo Durão

Deborah disse...

Oi Glau!
Hoja a noite tb vai ter gnocchi aqui em casa! Tô desde a semana passada pensando nisso, mas a semana foi bem agitada e só hj é q vou ter tempo de preparar um jantarzinho legal.
Não sabia bem que molho fazer, mas acabei de descobrir! =D Nunca comi um bolonhesa que levasse leite... Fiquei curiosa!
Depois te conto como ficou!!!
Bjs

Anônimo disse...

Achei esse blog meio que por acaso pesquisando uma sopa de beterraba no Google. Bem legais as receitinhas. Para a do nhoque tenho uma sugestão. Se vc substituir a batata por aipim (macaxeira ou mandioca dependendo da nomenclatura da região) fica uma delícia e além disso, enriquece com fibras e diminuição da glicose da batata. Teste e me diga! Tenho certeza que vai gostar! Abraços!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin