14.10.10

Você é de onde mesmo?

Ela saiu pra bater perna em SP. Tinha até o caminho do metrô pra decidir se chegaria ao destino de carro ou se pararia e pegaria o metrô. "Carro ou metrô? Carro ou metrô? Carro ou metrô? Metrô." Achou uma vaga longe e mesmo assim não se incomodou com a distância, pensou e sentiu: "Como é bom poder andar nos lugares conhecidos."

Na entrada do metrô viu um rosto conhecido: "Conheço de onde mesmo? Da época da escola? Da faculdade?". Não importava, mas veio uma sensação quente de estar em casa, apesar do frio que fazia lá fora.

Desceu pela escada rolante, do lado direito ficam aqueles que esperam, sem se mover, a própria escada levarem a bilheteria e do lado esquerdo passam aqueles apressados que aproveitam o movimento da escada para chegarem ainda mais rápido aos seus destinos. Ela não tinha pressa, não tinha horário marcado, ninguém a esperava, mas preferiu descer pelo lado esquerdo. Apertou o passo, passou por aqueles que preferiam ficar imóveis e desceu.

Usou com certo desconforto o Bilhete Único, mas assim que passou a catraca do metrô foi como se novamente se tornasse paulista. Paulista da gema. Ufa! Respirou profundamente.

Mais uma escada pela frente e a decisão foi a mesma da anterior. Lado esquerdo e com pressa! Ainda mais depois que ouviu o próximo metrô chegando: apertou o passo e desceu com toda a pressa do mundo que ela não tinha. Correu até! Mirou uma poltrona e foi em direção a ela. Com certeza expressava um sorrisinho no canto da boca já que a satisfação que sentia era muita.

Sentou, fechou os olhos e respirou fundo, bem fundo.
Ficou muito feliz pois sabia que se abrisse a boca pra conversar com alguém, qualquer assunto que fosse, ninguém perguntaria de onde é o seu sotaque. "De onde você é? Você é de São Paulo?"

Sim e com todo prazer!

7 comentários:

MÁRCIA MARINHO disse...

Adoreiiiiii...
Passo por isso sempre quando saio de casa, que pergunto ou falo algo a pessoa me pergunta vc não é daqui...é de São Paulo ?!
Beijos e um bom dia...

Renata Boechat disse...

Nada como estar em "casa"...seja lá onde for a sua...

Sei muito bem o que é isso...mas não, eu não sou de São Paulo...

Muito bom!

Rashmi Tara disse...

Bom dia, amiga virtual!!!!!!!!
Então, comigo também é assim. Acho que acontece com todo mundo que mora numa cidade "PARA TODOS" rsrs
Qdo eu começo a falar, lá vem a pergunta: Vc é do Rio, não é?!
E a minha resposta é bem parecida com a sua!"Sou, sim! Com muito prazer e orgulho!!"
Beijo, bom dia e Luz!

Helô disse...

Que delícia!!! Passei dois dias INTEIROS em Sampa, semana passada. Num deles fui bater pernas na Praça da Árvore, Saúde, São Judas, pro maridão matar saudades da infância e adolescência. Noutro, fui ao mercadão comprar o que não se encontra por aqui. Um exemplo? Maravilhosas alcachofras: 4 por R$ 10,00 . Ah! E tudo de metrô. ClaroE nada melhor do que falar ... não tô entendennnnndo... e ninguém perguntar: Você é de SP? Sou sim. Com muito orgulho.

RaSena disse...

Que texto lindo, Glau
Parece que só paulistano não se importa com tantos sotaques que há nessa cidade que não é o RJ mas é maravilhosa!
com sua correria, o vai-e-vem, a garoa, neblina, o tempo que de manhã é frio, na hora do almoço muito calor e a tarde sujeito a chuva!
Isso é São Paulo!
fica com DEUS!
bjbj

Dani Marques disse...

Amei ! Sem mais comentários Glau .
Paulista com muito orgulho ...obrigada!
Saudades da minha terrinha.
Bjs

Anônimo disse...

Tu és paulisssstana? rsrsrs
Beijos.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin