22.10.10

Pão com azeite e alecrim

Tenho um livrinho chamado 200 receitas de pães tentadoras. As fotos são lindas e dá vontade de dar uma mordida em cada pão que aparece! Af, um beijo no marketeiro que colocou tentadora no nome (sabe como é povo influenciável?) e parabéns ao fotográfo pelas fotos!

Não sei se contei, mas meu fermento biológico morreu. Ainda preciso investigar se foi de morte matada ou morte morrida. Quando voltei não tinha mais vestígios dele! Mas eu tenho uma grande parcela de culpa nesta história toda. Como estava fora deixei um recado curto e grosso pra minha secretary do lar: "Faça uma rapa na geladeira! Jogue o que estiver estragado (ai foi meu erro! Pq o treco não tinha cheiro de flores!) e o que quiser levar, pode levar!"  



Resumo: comprei fermento biológico pra usar na massa! Nunca tinha usado, mas testei.
Dei uma fuçada básica no Google e as boas línguas dizem que:

Fermento biológico fresco
- tempo de crescimento reduzido pelo alto poder fermentativo
- uniformidade de ação
- não devemos congelar pra não danificar as células da levedura
- devemos dissolver o fermento na massa até que tenha uma mistura homogênea

Fermento biológico seco
- da mesma família de micro organismos celulares do fermento fresco, muda a quantidade de água
- não necessita de refrigeração
- segundo o site da Fleischmann este fermento deve ser misturado em quantidade equivalente de açúcar e depois adicionado meia xícara de água ou leite morno e ficar reservado por 10 a 15 minutos.

Fermento biológico instantâneo
- também é da mesma família de micro organismos
- mas este fermento pode ser misturado diretamente na farinha sem precisar dissolvê-lo na água.

Chato este assunto de fermento, não? Aposto que vc tem um truquezinho supimpa de como usar o fermento que veio da sua tia-avó que cozinha maravilhosamente bem! E estes truques são realmente ótimos e funcionam!

Pão com azeite, alecrim e uvas passas
Livro: 200 receitas de pães tentadoras
Rendimento: 1 pão grande
Atenção! Fiz meia receita e rendeu o pão da foto! Passarei aqui a receita completa, ok?
- 600g de farinha de trigo para pães
- 1 colher (sopa) de açúcar
- 2 colheres (chá) de fermento biológico instantâneo
- 100 ml de azeite
- 2 colheres (chá) de sal, mais um pouco pra salpicar (usei flor de sal pq sou chique)
- 2 colheres (sopa) de leite em pó
- 2 colheres (chá) de erva doce trituradas (eu coloquei, mas tiraria fácil)
- 1 colher (sopa) de alecrim fresco picado
- 280 ml de água
- 100g de uvas passas (omiti)
- raminhos de alecrim pra decorar

Modo de fazer
1) Misture todos os ingredientes da massa, menos as uvas passas. Adicione a água aos poucos e sove até obter uma massa lisa e elástica (usei minha batedeira)
2) Estique a massa numa superfície enfarinhada. Espalhe as uvas e sove mais um pouco para incorporá-las.
3) Coloque a massa numa superfície enfarinhada e modele-a em um círculo. Alargue-a até que ela fique com um buraco central de 10cm de diâmetro. Coloque a massa em uma assadeira grande untada e cubra com filme plástico. Deixe o pão crescer em local quente por cerca de 45 minutos ou até quase dobrar de volume.
4) Salpique ramos de alecrim e sal. Asse em forno pré-aquecido a 220 graus por cerca de 40 minutos, até o pão crescer e dourar.



Gostei do pão, mas juro que esperava muito mais dele! De verdade! Tava friozinho no dia e meu pão não cresceu tanto! No meu imaginário ele ficaria um monstro de grande, fofinho, mas ficou longe de ficar ruim! Se vc testar depois volte aqui pra me contar! Combinado?

Beijos e boa sexta-feira! 

13 comentários:

Thiara Ney disse...

Glau, vem fazer café da manhã pra mim???
#carente
=)

Andréa Potsch disse...

Glau,
Eu também ando querendo fazer uns pães!! Mas confesso que tenho preguiça...hihih
O seu ficou lindo!
bjs

Beta disse...

A mistura de azeite e alecrim já é boa, imagina no pão! Meus pãos nunca dão certo, infelizmente! bjs

Luísa Alexandra disse...

Maravilha!

Iliane disse...

maravilhoso..imagino o perfume do alcrim!parabens...bjus

Tathyana disse...

Comprei uma máquina de pão amílga...pensa numa coisa boa, pensa!!!

Bjssssss

BoniFrati disse...

Olá, Glau
Gostaria de convidá-la para participar do Livro Brigadeiro Maneiro, um e-book gratuito que contará com receitas de blogueiros e especialistas em brigadeiro/chocolate de todo o país. Para ter uma ideia melhor, você pode acessar a primeira edição, que foi sobre cupcakes

http://bonifrati.blogspot.com/2010/06/o-livro-do-cupcake-receitas-de-craques_29.html

E o anúncio de como participar
http://bonifrati.blogspot.com/2010/10/voce-e-especialista-em-brigadeiro-envie.html

Caso você aceite, precisamos até 03/11 de 1 foto e 1 receitinha com o tema brigadeiro + o nome da empresa e site, que constarão como créditos.
Muito obrigada pela atenção,

Joelia disse...

Glau, seu pão ficou lindo, mas tenho ódio mortal da tal erva doce, e também fico na dúvida se fica bom com alecrim. Vou tentar fazer tirando a erva doce, depois te conto.
Abraços!
Jô Reis

a. luz disse...

O cheiro dessa delicia veio na minha cozinha!!rs...

Helder disse...

Olá meu nome é Helder , e estive passeando em seu blog é realmente muito bonito e gostoso, espero que possa visitar 0 meu também, sou novato no assunto mas estou montando devagarinho , de sua opnião , pelos alguma coisa temos em comum que é amar cozinhar , um forte abraço.
www.moscasfritas.blogspot.com

Marta disse...

Marido já usou fermento biológico para fazer massa de pizza.. e ficou mucho bom. eu mesma nunca usei!
Esse pão ficou muito bom!!!
Beijocas

Fabiana disse...

Glau,
Já testei os 3 tipos de fermentos, mas comigo, quando o assunto é pão, nunca dá certo.
o jeito é ficar aqui suspirando com o seu, que deve estar uma delicia.
beijos

Jana!!! disse...

Como eu adoro pães...mas confesso que os fermentos estão meio de mal de mim...o tem não cresce....kkkkk

Lindo seu pão

bjim
Jana
http://janainamechi.blogspot.com/

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin