13.9.10

Marcas da vida









Aninha e suas pedras

Não te deixes destruir...
Ajuntando novas pedras
e construindo novos poemas
Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.
Faz de tua vida mesquinha, um poema.
E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Toma a tua parte
Vem a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede. 

Cora Coralina (1981)
Fotos: Glaucia Macedo

9 comentários:

Ual disse...

Coincidências [se é que existem] a parte. Estou começando a escrever um texto sobre a Cora Coralina, ou melhor, sobre a casa dela. Te aviso quando postar.
Bjs

Flávia Mergulhão disse...

Lindos retratos ,Glau!
Saudades das suas receitas, mas não deixe de colocar estas fotos para a gente!

Bjocas

Flávia

http://ateliedacaie.blogspot.com

trecos e apetrechos da Fran disse...

Fotos lindas mesmo, acho tão bonito pessoas assim, que não tem vergonha das marcas da vida e da sua história.
BJS

Bá Maglia disse...

Glau, querida, suas fotos estão demais! Quanta sensibilidade...

beijos!

Tricia disse...

Lindo demais!!!!!!!!!!!! Bjs. Tricia

Carola Duarte disse...

Quantas histórias escondem esses rostinhos, hein Glau!
Beijo querida

Chocolate com Pimenta disse...

"Marcas que o tempo não apaga
marcas de tudo que vi, vivi
aprendi,esqueci,que sorri

Marcas de alguém que amei
com todo amor que existe em mim
me entreguei,de corpo e alma me dei

Viveria tudo outra vez
pra te encontrar no tempo
olhar teus olhos

Marcas que trazem saudade
que apertam o peito
que não tem idade"

Suas fotos são incríveis, me emociona e me inspira..
Fiz esse poema especialmente pra você..Espero que goste..

Beijos,

Gabi ;)

Glau disse...

Gabi, sem palavras.. muito obrigada.

Obrigada, meninas, pelos recados.
Beijos, Glau

Edson disse...

Gabi mandou bem. E eu curti muito o post. Assim é a vida. Passageira. Aproveitamos o banquete que nos foi servido, a tempo, ou corremos o risco de ter que nos contentar com alimento frio??? reflexões

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin