20.7.10

Pain au Levain


Depois que ganhei uma cria de fermento natural da minha amiga Tatá fiquei viciada em fazer pão! Lembra do café da manhã que postei? Pois é, delícia comer pão quentinho logo cedo... e dai enrolei, enrolei e enrolei pra trazer a receita! Enrolei pq não sei explicar o processo todo.. de como criar seu fermento e pra isto pesquisei  e trouxe pra cá duas indicações bacanas.. uma delas é fazer fermento a partir de figo seco.. link do Vitor Hugo, do Prato Fundo. E o outro link nos leva até o blog do Diego Barreto ele nos ensina a fazer o fermento com os ingredentes de ouro: farinha e água! O blog dele é Think Food.

Assim se vc quiser começar do zero..siga estas duas ótimas referências! Recomendo e acho que vale super a pena!


Este pão da foto eu segui a receita do Chef Diego. É um pouquinho trabalhoso, mas te digo super recompesador! Este pão forma uma casquinha bem crocante e bem macio no interior! Delícia! 

Pain au levain
Receita daqui.

- 415g de farinha de trigo
- 15g de farinha integral
- 130g de fermento natural
- (mais ou menos) 200g de água filtrada
-  8 g de sal

Modo de fazer
- Misture as duas farinhas, junte o fermento e 2/3 da água. Misture até obter uma massa homogênea. 
- Sove a massa por cerca de 10 minutos até obter o ponto de véu de glúten (eu uso minha batedeira)
- Transfira a massa para uma tigela levemente untada com óleo e cubra com pano ou saco plástico e deixe descansar por 40 minutos.
- Após este período, junte o sal à massa e some novamente por mais 5 a 10 minutos para incorporar todo o sal na massa.
- Volte a massa à tigela untada, cubra e deixe fermentar por cerca de 10 horas
- Baixe a fermentação da massa e modele como quiser. 
- Coloque numa assadeira untada com óleo deixando espaçamento entre elas (coloquei em 2 assadeiras). Coloque em forno desligado e deixe fermentar novamente por mais 10 horas
- Retire os pães do forno e aqueça à 200 graus
- Faça um corte longitudinal nos pães
- No fundo do forno,coloque uma assadeira pequena e preencha até a metade com água fervente.. O vapor que cria dentro do forno ajuda a obter a crosta crocante - mantenha no forno nos primeiros 30minutos e retire. 
- Asse os pães por cerca de 40-50minutos, até ficar bem dourado.
- O meu renderam 2 pães iguais aos da foto



Quem gostar da arte de panificação e quiser aprender mais, ler mais recomendo o livro: Pão - Arte e Ciência (Sandra Canella-Rawls - Ed. Senac) - eu tenho e acho incrível!
Beijos, Glau

28 comentários:

Tatiana disse...

Eu tento não comer pão branco mas confesso que não tenho 100% de sucesso nos meus integrais.
Agora esse pão da foto está espetacular!!!!
Bjs

Letrícia disse...

Oi, Glau! Acho que você inverteu as quantidades de farinha de trigo integral e fermento ;-)

Estou doida pra fazer o meu fermento natural. Ele já tem nome, já tem casinha na geladeira... só preciso encontrar tempo para preparar.

Beijo!

Ruby Fernandes disse...

Amiga, admiro tanto seu talento na cozinha! Adoro!!!
Na quinta feira quero pegar algumas dicas tá?
Bjo bjo ^-^

Glau disse...

Tati, este pão é uma delícia! Vale a pena esperar mais de 21 horas pra ficar pronto! Bjos

Letícia, está certinho...não inverti não! São realmente 15g de farinha integral e 130g de fermento! Beijokas

Rubyzita, doida pra te conhecer! :)
Beijos

Renata:: Menu Caseiro disse...

Glau,
cada dia que passa você me orgulha mais. Parabéns por tudo que esta construindo ao longo deste seu blog maravilhoso.
Que vontade deste pão...
Um beijo,

Michelle Sales disse...

Meu Deus Glau eu estava alucinada por esse pão, mas dá muito trabalho menina....rsrrs, mas juro que vou tentar....

Obrigada por ter disponibilizado a receita.... amei.

Bjão.

Letrícia disse...

Ô, Glau, é verdade, foi mau! É que eu vi a corzinha mais morena do pão e achei que aquela quantidade de farinha integral não seria suficiente para deixá-lo assim... depois que eu vi que o fermento é feito com farinha integral, também.

Beijo e desculpe!

trecos e apetrechos da Fran disse...

Glau, adoro pão, pode ser integral, de trigo branco, centeio, fresquinho então, delícia!
Mas vamos combinar, demora para ficar pronto, hein? De qualquer forma adorei a receita e a foto :3
BJS

Glau disse...

Re, vc é uma fofa!

Michelle, finalmente, né rs

Le, imagina... não tem que pedir desculpas.. :)

Fran, mas o gostoso é esperar estas horas.. dá uma ansiedade gostosa e a vontade de comer aumenta! :)

Bjao

Tata disse...

Oi! Vc achou o pão feito com essa receita melhor que a o Américo, do Paladar? Achei meio trabalhosa, né... 2x 10horas pra crescer... afe...
Bjocas Tata

Ana Jesus disse...

olá,
que pão delicioso. sabe sempre tão bem um feito em casa e ainda quentinho, com manteiga a derreter, então é divinal.
já te estou a seguir no meu blog.
bjs

http://ajarquitecta.blogspot.com

Diego Barreto disse...

Glau querida, tá super aprovada hein! Profissional! ahuah bacana que você curtiu o resultado, essa receita tá super balanceada (tá, fui eu que "fiz") rsrs. Você cortou o pão ainda quente? bjao!

Renata disse...

E eu me declaro terminantemente proibida de ler o seu blog! rs!
Menina, eu faço quase todas as suas receitas...fico com vontade de todas e todas dão super certo! Adooooooooro! Sö que a minha pancinha-pós-parto não vai embora nunca desse jeito...hehehehe
beijos, querida

Fe. disse...

Glau seu pão ta lindo! Eu tenho um sério problema com pães (pra comer e fazer..hauhauaha)...minha última tentativa resultou em váários brioches no lixo (*dó*)..pois é..mas ficaram incomíveis..hauhauha
bjs

Glau disse...

Tata, achei mais trabalhosa pelo fato de ter que esperar as outras 10 horas, gostei do resultado.. achei que ficou mais aerado que o pão do Américo, mas se tiver que escolher entre as duas receitas, fico com a do Américo.. pela praticidade e o sabor que não deixa a desejar (aliás mto pelo contrário! é tão bom quanto!

Ana, nada mais gostoso que um pão fresquinho com manteiga, né

Diego, menino do céu, o seu pão ficou tão lindo, mas tão lindo que fiquei com vergonha do meu! :) mas estou treinando e um dia chego lá! Obrigada! beijos

Re, ontem entrei no seu blog pra ver como vc está! vc a as crianças (mas não deixei recado :3! Ah, que bom que vc gosta das receitas que coloco aqui! Bjao

Fe, antes de me aventurar no mundo de pães, li um monte.. selecionei receitas que pareciam ser de boa qualidade.. mas mesmo assim ainda tô penando pra caramba.. mas uma delícia este "mundo" da panificação! Vem em casa e eu te mostro o livro! Bjao

Gi disse...

Glau!!!suas fotos e suas receitas são sempre de dar água na boca!!!adoro seu capricho!!
bjs linda!!!

gamela presentes disse...

Glau querida, acho que também nunca deixei um comentário...
Mas tenho passado frequentemente por aqui e simplesmente adoroooo!!!!
Fico com água na boca com tudo que vejo e admirada com as fotos.
E ouço muito falar que fotografar comida não é fácil.
Parabéns!!!!
Beijão e fiquei lisonjeada com sua visita.
Fátima.

marcel gussoni disse...

Eu também quero um fermento natural de presente! rs

As fotos estão lindas e a textura do pão está ótima, deve ter ficado um delícia. :)

bjs

Katia Bonfadini disse...

Que receita mais chique, Glau!!!!! Eu adoro pães, não passo um dia sem comer um pãozinho e acabei de me empanturarr de pão de queijo no café da manhã!!!! Menina, a Pretinha é uma fofa, né? E aquela é a cozinha dos meus pais que eles reformaram no ano passado, eu acho. É tudo bem novinho. Gostou do "seis"???? Sabe que eu só percebo que tenho sotaque quando assisto a um video ou gravação????? Um amigo me diz que eu tenho um sotaque carioca fortíssimo, vc acha? Grande beijo e boa sorte!!!!!

Thaissa disse...

Nossa esse pão está perfeito!! Não tem nada melhor que um pão fresquinho! Eu como até puro!!
Bjoo

Daniela disse...

Ficou com uma cara deliciosa! Aguei aqui, hehehehe...
Beijos!

Andréa disse...

Olha... Essas fotos mostrando a manteiga derretendo são uma covardia. (rs) Hummm... Me lembrei dos pães que a minha avó fazia.
Eu nunca tentei fazer fermento natural em casa, mas fiquei morrendo de vontade depois que li o post.
Um beijo,
Andréa.

Ana Patrícia Almeida disse...

Que belezura de pão!
E em relação ao bolo de milho é aquele mesmo que vou levar para o nosso arraiá.
Bjocas

Ana Patrícia Almeida disse...

Oi Glau, eu de novo pois fiquei com dúvida...que fermento natural é este que vc usa? Onde compra ou como se faz?

Téia disse...

Glauzita, top model, caramba, que pão lindo, amei. Olha, as dicas estão todas ótimas, mas se você puder me conseguir uma "isca" do fermento eu agradeço. EU, PREGUIÇOSA? Imagina...E fiquei curiosa com a receita que a Tata falou do Américo. Bjka.

Ateliete® disse...

Que delicia!
Acho tão difícil fazer pão! hehehe
Parabéns.
Beijocas
Eliete

Marta disse...

Nossa... que delícia essa manteiga no pão quentinho!
Beijocas

Priscila disse...

Se fizer só com a farinha normal....vai ficar ruim...ou não vai dar ponto???
Parabéns adoro seu blog!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin