11.8.09

5 meses de Brasília

Daqui uns dias completo 5 meses de Brasília.. incrível como passou rápido!

Mas só de pensar em todo o processo da mudança me dá faniquito. Agora que passou, assumo! Foi punk! Hard Core!

Saber que iria mudar de cidade até efetivamente mudar durou mais ou menos um mês! Prazo este para conhecer a cidade nova, escolher novo lugar pra morar, voltar pra SP, desocupar meu apto, contratar uma mudança decente, pedir demissão dos meus empregos, fazer festinha de despedida, chorar muito e dar tchau para a minha vida de SP!

Chegando em Brasília me deparei com um lugar nada conhecido, atolada de caixas por tudo que era lado, tomadas 220V (todos meus eletrodomésticos são 110V), sem armários, sem internet, sem família, sem emprego.. Isso mesmo, a mudança no início foi entendida como perda! Como se tivesse perdido tudo aquilo que me sustentava.. perdido literalmente o chão!

De manhã cedo era a pior hora.. o Ale saia para trabalhar, e dai? o que eu faço? pra onde eu vou?
Alguns dias acordava com raiva.. com raiva da pia da cozinha! Com raiva do puxador de toalha e porta papel higiênico do banheiro! Estava de mal pq eu queria a minha pia, queria os puxadores que eu tinha escolhido! Queria meus armários, minhas plantas, mas ficava em dúvida se eu queria ter de volta a rotina que eu tinha!

E aos poucos, as coisas foram entrando no lugar.. um armário chegou, chamei encanador, eletricista, desempacotei as caixas, tiramos plástico bolha de tudo e como bem disse o Ale: "Pra você a casa tem que estar em ordem pra você ficar em ordem também internamente!" Era isso! E olha que a psicóloga sou eu!

E dai, no meu tempo, as perdas foram se transformando em ganhos, fui percebendo que poderia fazer coisas novas, conhecer pessoas novas, lugares novos e fui me admirando com todas as novas possibilidades..

5 meses depois tem dias que sinto uma raivinha da pia da cozinha, eu definitivamente não gosto dela! É funda, entope, o escorredor de pratos fica esmagado, mas dá pra adaptar! A gente se adapta, transforma e vê que pode viver mto bem.. como bem diz o ditado: se a vida te dá uns limõezinhos, transforme em limonada! E vamô que vamô!

Bjo, Glau

22 comentários:

Alethéa Casal disse...

Glau, eu sou péssima prá mudanças. Finco raízes de uma forma, não só nos lugares, mas também em relação às coisas que só vendo! Mas aprendi, com o passar do tempo, a ser mais maleável, a aceitar melhor as coisas. Fico feliz em ver que você também está se adaptando, afinal, posso dizer que te acompanho desde que você se mudou (lembro direitinho disso no Madames). Me visita depois; criei meu blog: http://cantodaalethea.blogspot.com/. Beijos!

Sarinha disse...

Amiga, eu sei muito bem como é isso! e eu que vim pra Bsb sozinha!!?Vc teve o alê por perto!
Mas é isso aí..vamo que vamo pq o show naum pode parar!
Fico mto feliz em ter vc por perto! Te adoro e não me abandona naum...Daqui vc naum sai mais!hahahah
bjossss

Renata disse...

Eu não sou muito boa com mudanças, não, mas tb acredito que tudo depende de como a gente encara. Vc optou por deixar de encarar como perda e passar a encarar como novas oportunidades e foi aí que fez a diferença, né?
Que bom que tudo melhorou!
Um beijinho, Re

Renata disse...

ah, tenho algumas "leitoras" (to me achando!! rsrsrs!) no meu blog que são de Brasília...posso fazer uma propagandinha básica das suas coisinhas por lá??
beijos

Claudia disse...

Glau,

você parece eu quando mudei para cá, mas eu estou para completar cinco anos aqui e ainda xingo tudo o que eu não gosto e são muitas coisas incomodas. Ainda vai demorar para eu me contentar com os ganhos, as perdas foram tantas que ainda doem muito.

Que bom que você se adaptou rapidinho...

Bj,

C.

Iliane disse...

é dificil mesmo..entendi cada palavra do que você disse!e sei como é sofrido esse processo todo!!!..mas..acredite:você foi uma vencedora!!se adaptou em 5 meses..isso é muito bom tempo..tem pessoas que leva anos..e numca se acostuma!!..bom que fez amigos!!! tá de vento em popa seu trabalho artesanal...e é como você mesmo disse:"ganhou um limão?faça uma limonada bem docinha!" a vida flui melhor..bjus linda..li..

Renata disse...

Glau,

minha querida mudanças só nos fazem crescer e para melhor no seu caso, tenho certeza. E uma pessoa como você sempre se adaptara em qualquer lugar.

Mas quero dizer que te amo mais hoje que ontem....acabei de receber meu presente mais que lindo!!!!

Tá tão lindo que não quero tirar da caixinha!!!

Muito, muito obrigada. A M E I!!!!

Um beijão,

Carolina disse...

Você descreveu exatamente como me sinto, e olha que aqui é outra cultura, outro idioma ... Mas não adianta, mudar sempre é difícil, ainda mais quando já está adaptada a sua rotina, seu cantinho ... Só que sempre surgem novas expectativas, novas chances de deixar a vida um pouco melhor, por isso não encare como perda, mas sim como experiência !
Torço por vc !

Fátima disse...

Glau, acabei de passar pelo "Cafezinho das cinco", vi seu comentário, porisso estou aqui, acabei de ler sua postagem, puxa amiga( desculpa a liberdade), vou ficar na torcida pra que você seja muito feliz em Brasília como eu fui, amo essa cidade, aos poucos você vai descobrir as coisas boas.Felicidades!

Dani - Paladar disse...

Que bom q agora se sente mais radiante, mudanças são assim mesmo, no começo piramos, mas depois crescemos.

Bjs

SUELY disse...

Oi Glagla
Nossa... já se passaram 5 meses e vc aí. Fico muito feliz e orgulhosa de vc ter vencido mais esta etapa e estar feliz . Pude perceber como esta bem e feliz, pelos dias que passamos juntas(foram maravilhosos). Vivenciei a sua felicidade e a do Ale e vc sabe que sempre acreditei na sua força de vencer tudo isto.
Sinto estar longe de vc, mas acredito que isto é para o seu crescimento e sua vitória. Não é verdade mulher maravilhosa, gostosona e poderosa!!!!!
Bjs

ameixa seca disse...

É, os psicólogos também têm faniquitos. Olha eu, não me faltam faniquitos he he
Aqui tem um ditado que diz "Quem não muda, Deus não ajuda!" :)
Não dá para mudar a pia?

Bergamo disse...

Fia,
Odeio (odiamos mudanças), mas no fundo...sabe...conseguimos nos adaptar. Conseguimos nos moldar...agora sei lá se isso é bom ou é uma m....
Mas, é fato, que nos adaptamos as piores das situações. E, quem sabe, um dia ainda não achemos graça da pia, do suporte, do parafuso? Ou então chute tudo, arranque essa porcaria da parede...coloca uma fita colorida no buraco...rsrrs
Bj,
Marcelo

mArCeLe disse...

Eu qdo morei aí, custei a me adaptar, principalmente porque nós mineiros somos muito "dados" e de repente me deparei com panelinhas que definitivamente não me olhavam com receptividade... Achei tudo tão seco qto o clima e minhas primeiras amizades na faculdade foram, curiosamente, todos de fora de BSB... Com os brasilienses mesmo, so o tempo foi capaz de aproximar, mas confesso que o que foi de dificil aproximação é tb agora dificil de separar. Foram amizades leais que fazem parte da minha vida mesmo já não estando mais aí.
Depois que passar a sua fase, vc vai descobrir que nunca mais vai querer sair daí. Eu por exemplo, pretendo voltar!
=)

Carol disse...

Glau, passando pra deixar um beijo..Ta sumida.

Téia disse...

Que bom você veio, mas sinto por ter sofrido para vir. Ainda bem que está ficando mais fácil. Bsb é a minha casa e para mim aqui está perfeito. Ei, e a nossa reunião, vai rolar? Bjka.

Pedaço de Amor disse...

Gostei muito do teu blog! Vou te visitar mais vezes!
Morei em Brasilia muito tempo, mas ja saí daí há quase 20 anos. Sabe que tenho saudades de algumas coisas?
beijo

Pedaço de Amor disse...

Gostei muito do teu blog! Vou te visitar mais vezes!
Morei em Brasilia muito tempo, mas ja saí daí há quase 20 anos. Sabe que tenho saudades de algumas coisas?
beijo

Giselle disse...

Oi Gla,
Você faz muita falta aqui, mas saber que você está bem é um alívio!
Vc sabe que pode contar comigo seja qual for a distância, né?!
bjos

Karol disse...

Estou adorando seu blog, estou comentando nesse post antigo porque me chamou muuuita atenção....eu poderia copiar seu texto e colocar no meu blog como se fosse meu, a única diferença é que tenho raiva da casa inteira e não só da pia...rs
mas também não tenho saudade da minha rotina de antes (apesar de eu detestar a cidade em que moro hoje)mesmo tendo largado empregos e não tendo motivo nenhum pra acordar aqui, já que não tenho o que fazer, me sinto bem e melhor!!!!! rs

bjooos

Anônimo disse...

Bom ter se adaptado!(moro em bsb. A diferença: nasci aqui, mas reclamo tanto qto vc...ainda não me adaptei a algumas coisas...rsrsrs).
Passei aqui na busca pela receitinha super easy de mousse de chocolate e amendoas. Kissus!
Alegria*

Glau disse...

Anônimo, já vai completar 2 anos que moro aqui e estou bem mais adaptada que na época desta postagem...

By the way, qual seu nome?

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin